Caracteristicas

  • Marca XXX
  • Modelo XXX
  • Assunto do quadro zzz
  • Comprimento do quadro 46.5 cm
  • Largura do quadro 42.5 cm
  • Tipo de peças Painel único
  • Personagem zzz

Descrição

Desenho do artista plástico mineiro Amilcar de Castro, formato 36cmx29,5cm, em moldura recuperada tamanho 46,5cmx42,5cm. Assinado e datado a lápis.
Atenção: não tenho certificado nem como autenticar a obra.
Envio por conta do comprador.
Amílcar de Castro (1920 /2002)
AMILCAR Augusto Pereira DE CASTRO
Nasceu em Paraisópolis, MG, 1920. Escultor, desenhista, artista gráfico, professor e advogado. Chegou a Belo Horizonte em 1934 e formou-se em Direito na UFMG em 1945. Freqüentou a Escola Guignard entre 1944 e 1950, onde estudou desenho com Alberto da Veiga Guignard e escultura figurativa com Franz Weissmann. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1953, iniciando sua carreira de diagramador nas revistas Manchete e A Cigarra. Participou do Movimento Neoconcreto no Rio de Janeiro (1959-1961), e elaborou a reforma gráfica do Jornal do Brasil(1957/59). Durante os anos 60 fez a diagramação dos jornais Correio da Manhã, Última Hora, Estado de Minas, Jornal da Tarde e A Província do Pará, entre outros, além de ter trabalhado como diagramador de livros na Editora Vozes. Após receber uma bolsa da Fundação Guggenheim e o Prêmio Viagem ao Exterior no XV Salão Nacional de Arte Moderna, em 1967, viajou para os Estados Unidos, fixando-se em Nova Jersey. Em 1971 retornou à Belo Horizonte, dedicando-se a atividades artísticas e educacionais. Dirigiu a Fundação Escola Guignard (1974/77), onde ensinou expressão bidimensional e tridimensional. Foi professor de composição e escultura na EBA/UFMG (1979/90) e de escultura na FAOP (1979). Amilcar de Castro é considerado pelos críticos e historiadores da arte um dos escultores construtivos mais representativos da arte brasileira contemporânea. Faleceu em 21 de novembro de 2002.
Possui obras nos seguintes acervos, espaços e instituições: Casa de Cultura Amilcar de Castro, Paraisópolis/MG; Prefeitura Municipal de Ipatinga e Universidade de Uberaba. Em Belo Horizonte: Museu de Arte da Pampulha; Parque da Gameleira; Praça da Assembléia Legislativa de Minas Gerais; Aeroporto Internacional de Confins; Câmara dos Vereadores; Tribunal de Contas e sedes da Caixa Econômica Federal e IBM. Em São Paulo: Museu de Arte na Pinacoteca do Estado; Praça da Sé e Instituto Cultural Itaú. No Rio de Janeiro: MAN e centro da cidade.Em Brasília: Centro Cultural Banco do Brasil. No exterior: Museu de Caracas, Venezuela; The Hakone Open-Air Museum/The Utsukeshi-Ga-Hara Open-Air Museum, Japão; Universidade de Essex, Coleção de Arte Latino-Americana e Hellersdorf, Berlim.

Perguntas e respostas

Qual informação você precisa?

Custo e prazo de envio Meios de pagamento e promoções Garantia

Está com dúvidas?

Estes atalhos ajudarão você a encontrar o que busca.

Ou pergunte ao vendedor

Tempo aproximado de resposta 2 minutos

Últimas perguntas

  • Por favor, qual o tamanho do quadro? Obrigado

    Denunciar

    Caríssimo, está na DESCRIÇÃO DO ANÚNCIO: Desenho do artista plástico mineiro Amilcar de Castro, formato 36cmx29,5cm, em moldura recuperada tamanho 46,5cmx42,5cm.Assinado e datado a lápis. Atenção: não tenho certificado nem como autenticar a obra. Envio por conta do comprador. AMILCAR Augusto Pereira DE CASTRO Nasceu em Paraisópolis, MG, 1920. Escultor, desenhista, artista gráfico, professor e advogado. Chegou a Belo Horizonte em 1934 e formou-se em Direito na UFMG em 1945. Freqüentou a Escola Guignard entre 1944 e 1950, onde estudou desenho com Alberto da Veiga Guignard e escultura figurativa com Franz Weissmann. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1953, iniciando sua carreira de diagramador nas revistas Manchete e A Cigarra. Participou do Movimento Neoconcreto no Rio de Janeiro (1959-1961), e elaborou a reforma gráfica do Jornal do Brasil(1957/59). Durante os anos 60 fez a diagramação dos jornais Correio da Manhã, Última Hora, Estado de Minas, Jornal da Tarde e A Província do Pará, entre outros, além de ter trabalhado como diagramador de livros na Editora Vozes. Após receber uma bolsa da Fundação Guggenheim e o Prêmio Viagem ao Exterior no XV Salão Nacional de Arte Moderna, em 1967, viajou para os Estados Unidos, fixando-se em Nova Jersey. Em 1971 retornou à Belo Horizonte, dedicando-se a atividades artísticas e educacionais. Dirigiu a Fundação Escola Guignard (1974/77), onde ensinou expressão bidimensional e tridimensional. Foi professor de composição e escultura na EBA/UFMG (1979/90) e de escultura na FAOP (1979). Amilcar de Castro é considerado pelos críticos e historiadores da arte um dos escultores construtivos mais representativos da arte brasileira contemporânea. Faleceu em 21 de novembro de 2002. Possui obras nos seguintes acervos, espaços e instituições: Casa de Cultura Amilcar de Castro, Paraisópolis/MG; Prefeitura Municipal de Ipatinga e Universidade de Uberaba. Em Belo Horizonte: Museu de Arte da Pampulha; Parque da Gameleira; Praça da Assemb

    Denunciar
  • Eu entendi que você não tem o certificado da obra, o que eu gostaria de saber é se caso eu compre a mesma, me dá garantia de autenticidade caso eu descubra que a obra é falsa. Apenas para me resguardar no futuro. obrigado

    Denunciar

    Caríssimo, Acredito que a obra é boa, minha experiência me diz isso, comprei acreditando nisso e estou vendendo por essa convicção, mas vou repetir o que escrevi: não tenho certificado nem como autenticar a obra. Teria de levar a Fundação Amilcar de Castro a fim de autentica-lo e não tenho como fazer isso. Portanto, não posso lhe dar o que me pede. Por conta disso, também, coloquei esse preço, senão seria um valor bem mais alto, como é o valor dele no mercado.

    Denunciar
  • V.sra dá garantia de autenticidade da obra? Grato

    Denunciar

    Caríssimo, está na DESCRIÇÃO DO ANÚNCIO: Desenho do artista plástico mineiro Amilcar de Castro, formato 36cmx29,5cm, em moldura recuperada tamanho 46,5cmx42,5cm.Assinado e datado a lápis. Atenção: não tenho certificado nem como autenticar a obra. Envio por conta do comprador. Amílcar de Castro (1920 /2002) Nasceu em Paraisópolis, MG, 1920. Escultor, desenhista, artista gráfico, professor e advogado. Chegou a Belo Horizonte em 1934 e formou-se em Direito na UFMG em 1945. Freqüentou a Escola Guignard entre 1944 e 1950, onde estudou desenho com Alberto da Veiga Guignard e escultura figurativa com Franz Weissmann. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1953, iniciando sua carreira de diagramador nas revistas Manchete e A Cigarra. Participou do Movimento Neoconcreto no Rio de Janeiro (1959-1961), e elaborou a reforma gráfica do Jornal do Brasil(1957/59). Durante os anos 60 fez a diagramação dos jornais Correio da Manhã, Última Hora, Estado de Minas, Jornal da Tarde e A Província do Pará, entre outros, além de ter trabalhado como diagramador de livros na Editora Vozes. Após receber uma bolsa da Fundação Guggenheim e o Prêmio Viagem ao Exterior no XV Salão Nacional de Arte Moderna, em 1967, viajou para os Estados Unidos, fixando-se em Nova Jersey. Em 1971 retornou à Belo Horizonte, dedicando-se a atividades artísticas e educacionais. Dirigiu a Fundação Escola Guignard (1974/77), onde ensinou expressão bidimensional e tridimensional. Foi professor de composição e escultura na EBA/UFMG (1979/90) e de escultura na FAOP (1979). Amilcar de Castro é considerado pelos críticos e historiadores da arte um dos escultores construtivos mais representativos da arte brasileira contemporânea. Faleceu em 21 de novembro de 2002. Possui obras nos seguintes acervos, espaços e instituições: Casa de Cultura Amilcar de Castro, Paraisópolis/MG; Prefeitura Municipal de Ipatinga e Universidade de Uberaba. Em Belo Horizonte: Museu de Arte da Pampulha; Parque da Gameleira; Praça da Assembl

    Denunciar
  • É tão mais empresarial "copiar e colar" na resposta. Agradeço e boas vendas. Valeu Amigo.

    Denunciar

    Caríssimo, O problema não é meu nem seu. E do Mercadolivre, que não permite visualização da descrição. Muitos, como você, não conseguem ver.

    Denunciar
  • Valeu. Pertinente resposta. Descrição do anúncio???? Boas vendas......................

    Denunciar

    Procure, que vai achar...

    Denunciar
  • O Amilcar tem certificado de autenticidade?

    Denunciar

    Caríssimo, Leia com atencao a DESCRIÇÃO do anúncio. Lá estão todas as informações pertinentes.

    Denunciar
Usado

Amilcar De Castro - Acrílico Sobre Papel/1990

R$ 2.200
Único disponível!

Compra Garantida, receba o produto que está esperando ou devolvemos o dinheiro.

Informação sobre o vendedor

Localização

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

  1. Vermelho
  2. Laranja
  3. Amarelo
  4. Verde claro
  5. Verde
275 vendas nos últimos 5 anos.
Presta um bom atendimento
Entrega os produtos dentro do prazo
Ver mais dados deste vendedor

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia do vendedor

Fiel conforme descrição.

Saiba mais sobre garantia

Frete com o Mercado Envios

É o serviço do Mercado Livre que permite que você receba os seus produtos de forma rápida e segura.

Envio a combinar com o vendedor

Localizado em Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)

Saiba mais sobre as formas de envio
Publicidade

Anúncio #748804696

Denunciar