47 reales con 90 centavos
Tarjeta Credits

12x sem cartão

Ative o Mercado Crédito agora e pague em parcelas fixas

Ative agora

ou em 12x 4 reales con 89 centavos com cartões de crédito

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Disponível 20 dias após sua compra

Informações sobre o vendedor

Localização

São Paulo, São Paulo

  • 95

    Vendas nos últimos 60 dias

  • Não oferece um bom atendimento

  • Entrega os produtos com atraso

Ver mais dados deste vendedorAbrirá em uma nova janela

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Meios de pagamento

Até 12x sem cartão

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 12x!

Visa
Mastercard
Hipercard
Elo

Cartões de débito

Caixa

Boleto bancário

Boleto

Características principais

Título do livroO mais tardar do amanhã — uma história contada
AutorJ. Luiz Duarte
IdiomaPortuguês
Editora do livroLoope Editora
MarcaLoope Editora

Outras características

  • Tipo de narração: Livros

  • ISBN: 9786589587149

Descrição

O mais tardar do amanhã”: fantasia e sonho implacável. A Antiga Era da humanidade chega ao fim no início do ano de 2022, devido a uma guerra nuclear entre os Estados Unidos e a Rússia. O planeta sofre baixas consideráveis e a partir daí surge uma Nova Era. Quando avançamos cinco séculos no futuro encontramos uma sociedade pós-apocalíptica livre da corrupção, das altas tecnologias, da promiscuidade, das drogas; enfim, de todos os antigos vícios do mundo. Nesse universo surrealista, um homem e uma mulher vivem uma história de amor que tenta superar todos os obstáculos e uma nova espécie surge, fruto de cruzamentos entre humanos e animais: o super-humano. Criaturas superiores, melhoradas, próximas ao ideal – mas qual ideal? Será um mundo como esse a saída para a humanidade? A quem serve essa civilização que se diz próxima do ideal? Esse mundo deve ser evitado ou cultivado? Abordando questões políticas, críticas sociais, corrupção e a desumanidade da humanidade, “O mais tardar do amanhã” e sua narrativa com sabor de fábula convida o leitor a tropeçar em sua história e mergulhar em suas questões… e, se quiser e souber, resolvê-las!"

Perguntas e respostas

Pergunte ao vendedor

Não fizeram nenhuma pergunta ainda.

Faça a primeira!