official-store-logo
Novo
22 reais con 40 centavos

em 4x 6 reais con 12 centavos

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Informações da loja

Rocco

Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

  • 266

    Vendas nos últimos 60 dias

  • Presta bom atendimento

  • Entrega os produtos dentro do prazo

    Ver mais dados de RoccoAbrirá em uma nova janela

    Devolução grátis

    Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

    Garantia

    Compra Garantida com o Mercado Pago

    Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

    Meios de pagamento

    Cartões de crédito

    Pague em até 4x!

    Boleto parcelado em até 12x

    Cartões de débito

    Pix

    Boleto bancário

    Características principais

    Título do livroDUAS NOVELAS
    AutorBERNARDO AJZENBERG
    IdiomaPortuguês
    EditoraEDITORA ROCCO
    FormatoPapel
    MarcaEditora Rocco

    Outras características

    • Cobertura: Mole

    • Tipo de narração: Manual

    • ISBN: 9788532526687

    • Páginas: 222

    Descrição

    Com sua prosa densa e, ao mesmo tempo, ágil, que revela grande habilidade narrativa e uma profunda capacidade de investigação psicológica, Bernardo Ajzenberg explora de forma brilhante as nuances do comportamento humano em Duas novelas. O lançamento reúne dois livros publicados pelo autor há mais de uma década, Goldstein & Camargo (1994) e Efeito suspensório (1993), que voltam agora às prateleiras em edição única e sofisticada pela Rocco, com prefácio de Manuel da Costa Pinto. Por meio de enredos engenhosos, o autor mostra como o indivíduo pode se perder em seus próprios sonhos e dilemas, buscando o inalcançável e alienando as pessoas ao seu redor. Assim, em duas tramas cheias de nuances, Ajzenberg aponta a fragilidade do espírito humano e a solidão que acompanha o homem moderno.

    Em Goldstein & Camargo, os advogados Paulo Camargo e Márcio Goldstein são sócios cujo relacionamento se restringe ao campo profissional – um pouco sabe da vida do outro, e os estilos diferentes de atuação contribuem para que uma distância formal seja mantida entre eles. Mas, quando um amigo de infância de Goldstein, o desempregado Luca Pasquali, mata a mulher com uma única facada, e os dois assumem o caso, o abismo que separa os profissionais cresce até o limite do intransponível. Enquanto Camargo sugere que a melhor forma de livrar o cliente da prisão é alegar inimputabilidade decorrente de insanidade mental, visto que o réu tem uma longa história de depressão e transtornos psiquiátricos, Goldstein insiste no argumento da legítima defesa, refutando qualquer menção à ideia de demência.

    A ruptura da parceria vai se delineando ao mesmo tempo que Camargo começa a desvendar a vida de Goldstein. A descoberta de um arquivo no computador do advogado e uma carta na qual ele relembra momentos de sua vida de garoto da classe média judia paulistana dão à figura de Goldstein novos contornos, e Camargo sai à procura de quem possa ajudá-lo a entender o sócio: sua esposa, sua irmã, conhecidos. A cada relato, informações conflitantes e a certeza de que a dedicação obsessiva que o parceiro de negócios devota ao caso de Pasquali indica mais do que um velho amigo tentando evitar que o outro vá para a cadeia: à medida que Camargo monta um retrato do homem com quem dividiu o mesmo escritório de advocacia por anos, ele percebe que Goldstein caminha de forma irreversível para seu próprio ponto de fragmentação.

    Já em Efeito suspensório, o narrador Líbero Serra, economista e diretor teatral, passa por uma crise no casamento e esconde dos colegas um romance secreto com Milena, companheira de trabalho na fundação onde exerce a primeira carreira. Essa vida relativamente normal é abalada quando Líbero conhece Jonas Eleutério em uma boate de strip-tease. Apresentando-se como restauranteur, ele faz uma proposta irresistível para o diretor teatral, que vê uma oportunidade para reformular sua existência e concretizar alguns sonhos. Mas aceitar a empreitada pode ser um risco que custará mais do que Líbero poderia imaginar, inclusive o amor-próprio.

    Retratando personagens comuns a partir de um agudo senso de observação que consegue perverter a noção de realidade, Duas novelas revela-se, nas palavras precisas de Manuel da Costa Pinto no prefácio do livro, “um inventário da nossa opacidade essencial, dos disfarces e das deformações com as quais lidamos cotidianamente – dentro e fora da literatura”.



    Perguntas e respostas

    Qual informação você precisa?

    Pergunte para Rocco

    Não fizeram nenhuma pergunta ainda. Faça a primeira!