official-store-logo
Novo

Mundos Roubados

37 reales con 50 centavos

em 8x 5 reales con 36 centavos

Anúncio pausado

Informações da loja

Rocco
Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

Características principais

Título do livroMundos Roubados
AutorLLOYD JONES
IdiomaPortuguês
Editora do livroEDITORA ROCCO
Capa do livroMole
MarcaEDITORA ROCCO

Outras características

  • Quantidade de páginas: 288

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 9788532527110

Descrição

Reconhecido internacionalmente pelo aclamado O Sr. Pip , finalista do Man Booker Prize em 2007 e ganhador do Commonwealth Prize, o neozelandês Lloyd Jones está de volta com mais um romance sobre a identidade na contemporaneidade. Se em seu premiado romance ele encena a narrativa numa distante ilha do pacífico sul, em Mundos roubadosé a trajetória de uma imigrante ilegal do norte da África na Europa, em busca do filho que lhe foi roubado, que dá o mote da história: Inês, a protagonista da trama, é apresentada por aqueles que cruzam o seu caminho, na busca incessante que trava à procura do filho. Contado a partir de diversos pontos de vista, Jones conduz o leitor por uma trama emocionante e detetivesca, onde nada é exatamente o que parece.

Supervisora das camareiras em um hotel à beira-mar na Tunísia, Inês engravida de um hóspede alemo, que lhe tira o filho depois de nascido e desaparece com ele. Movida pelo desejo de reencontrar o garoto, Inês atravessa o Mediterrâneo, a Itália e a Suiça, com destino a Berlim. Neste caminho, a jovem africana protagoniza histórias ao lado de diferentes personagens. Do motorista de caminho que a confundiu com uma prostituta, ao velho que a roubou ou aos caçadores que a contrabandearam pela fronteira, as múltiplas vozes narrativas do forma a um mundo onde tudo de importante foi tirado de Inês: nome, origem, filho.

Chegando à capital alem, Inês busca coragem para seguir adiante num plano que ainda no traçou direito. Precisa encontrar Jermayne, o pai da criança que a fez assinar os papéis cedendo a guarda do filho, só no sabe ainda como. Os trens, alguns bairros, cenas comuns do dia a dia so descritas com riqueza de detalhes – detalhes esses conhecidos pelo autor, Lloyd Jones, que durante um ano viveu na capital alem com uma bolsa concedida pelo governo da Nova Zelândia. É nesta etapa que os leitores conhecem ainda mais os dilemas de Inês e vivem com ela dificuldades, no apenas as enfrentadas por uma jovem africana, mas por vários outros estrangeiros que escolheram a grande cidade como casa.

Quando se acha que já se conhece tudo sobre Inês e no há segredos a serem revelados, Lloyd Jones concede à protagonista o direito de contar a sua verso da história. Ao ler o relato da jovem me, podia-se esperar apenas uma repetiço da primeira parte do livro, mas é especialmente a partir desse capítulo que se passa a conhecê-la verdadeiramente. A essa altura, os próprios leitores já têm a sua própria história com a personagem e seguem juntos com ela rumo a um desfecho surpreendente.

Perguntas e respostas

Não fizeram nenhuma pergunta ainda.

Faça a primeira!