official-store-logo
Novo | 1 vendido

O Conto Da Deusa

30 reais

em 12x de 7 reais con 18 centavos pagando com Mercado Crédito

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Disponível 1 dia após sua compra

Comprar com Mercado Crédito

Compra em 12x de R$ 718 selecionando Mercado Crédito como meio de pagamento.

Informações da loja

Rocco
Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Garantia de fábrica: 3 meses

Meios de pagamento

Boleto parcelado em até 12x

Mercado Crédito

Cartões de crédito

Pague em até 6x!

Mastercard
Hipercard
Elo
Visa

Cartões de débito

Elo Debito
Visa Débito

Pix

Pix

Boleto bancário

Boleto

Características principais

Título do livroO Conto da Deusa
AutorNATSUO KIRINO
IdiomaPortuguês
EditoraEDITORA ROCCO
FormatoPapel
MarcaEDITORA ROCCO

Outras características

  • Cobertura: Mole

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 9788532529015

  • Páginas: 280

Descrição

Numa misteriosa e lendária ilha com o formato de uma lágrima, duas irmãs nascem no seio de uma família de oráculos. Kamiku é admirada por sua beleza incomum, e por isso Namina passa a viver sob a sombra da irmã. Em O conto da deusa, a aclamada escritora japonesa Natsuo Kirino, autora de romances policiais premiados como Do outro lado, reimagina a criação do Japão em uma trágica história de amor e vingança. Kamiku é escolhida para se tornar o próximo oráculo e servir o reino da luz, enquanto Namina é obrigada a servir o reino das sombras e guiar eternamente os espíritos ao mundo subterrâneo, onde encontra a deusa Izanami. Namina, cujo nome siginifica “mulher em meio às ondas”, viaja entre o mundo dos vivos e dos mortos, buscando vingança. No cerne desta sombria história, Kirino reinventa o antigo mito da criação de Izanami e Izanaki, personagens da mitologia japonesa. Como a deusa, Namina é consumida pela raiva e, incapaz de esquecer sua antiga vida, quer entender por que foi banida do mundo dos vivos. O ódio amargurado dessas duas mulheres impregna a narrativa, numa estrutura que remete às obras mais recentes da romancista, onde a mulher é sempre alvo de traições. Namina age contrariamente ao que sua família e comunidade esperam dela. O seu próposito post mortem passa a ser a busca por justiça, não contra o assassino que lhe tirou a vida, mas contra o mundo que a subjugava. A mitologia japonesa tem uma densidade que impressiona. Por séculos, a vida de muitos deuses e deusas fora intimamente ligada à vida do povo japonês, controlando cada fase de seu destino. Nessa crônica atemporal, as tensões e conflitos são construídos para evidenciar uma realidade em que o abismo entre o homem e a mulher é muito maior do que aquele que separa humanos e deuses. Natsuo Kirino é mestre em criar um ambiente de mal-estar e desconfiança entre seus personagens. E aqui ela mostra como a mulher é vista como um ser desprezível, não só perante os deuses, mas também pelos homens, para quem a mulher existe apenas para reproduzir e morrer, depois de viver uma vida de servidão.

Perguntas e respostas

Pergunte ao vendedor

Não fizeram nenhuma pergunta ainda.

Faça a primeira!