official-store-logo
31 reales

em 12x 3 reales con 16 centavos

Anúncio pausado

Informações da loja

Rocco
Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

Características principais

Título do livroConta de Mentiroso
AutorROBERTO DAMATTA
IdiomaPortuguês
Editora do livroEDITORA ROCCO
Capa do livroMole
MarcaEditora Rocco

Outras características

  • Quantidade de páginas: 240

  • Gênero do livro: Ciências Humanas e Sociais

  • Subgêneros do livro: Sociologia

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 853250387X

Descrição

Sete temas diferentes com interpretações da sociedade brasileira compõem o livro de Roberto DaMatta Conta de mentiroso. Resultado de palestras em universidades brasileiras, americanas e francesas, os ensaios reunidos em Conta de mentiroso reafirmam o lugar de DaMatta como um dos mais notáveis pensadores das ciências humanas em nosso país. A partir do convívio com as teorias pós-modernas durante o período em que vem lecionando na Universidade de Notre Dame, Indiana, DaMatta enriquece sua formaço teórica apoiada na insistente pergunta da Antropologia Estrutural: "O que significa?" Daí surgem ensaios surpreendentes em que se resgatam os valores básicos da Antropologia como estudo crítico da vida coletiva.
É o caso do texto de abertura sobre a palavra "saudade". Diz DaMatta que sua intenço é "pôr a saudade no horizonte da reflexo sociológica brasileira como uma categoria básica da nossa existência coletiva". Outro tema abordado é o texto literário como peça etnográfica, onde é feita uma comparaço entre relato de viagem e relato antropológico: "Se o texto literário ‘contava’ uma sociedade, no caso brasileiro, no qual eram poucos os estudos especificamente sociológicos da sociedade como tal, o texto literário de fato fazia falar a sociedade."
A música de carnaval, mais especificamente a marcha "Mame eu quero", é minuciosamente "decifrada" no terceiro ensaio. O leitor poderá ento deparar com implicações semânticas normalmente despercebidas quando a música é entoada. No texto "Em torno da representaço da natureza no Brasil", os discursos sobre a natureza so analisados por DaMatta: "O sistema social brasileiro agasalha valores modernos como o individualismo igualitário e as idéias de justiça social, de progresso material e de controle sobre a natureza sem, entretanto, abandonar (ou ‘resolver’) um conjunto de práticas (e de ideologias) tradicionais – como a patronagem, o clientelismo e o nepotismo."
Em Conta de mentiroso DaMatta discute também o conceito de tradiço no Brasil, afirmando que só é possível o entendimento desta palavra em sociedades ibero-americanas através das relações entre diferentes tradições. Os dois últimos ensaios tratam de temas graves que afligem a sociedade brasileira atualmente: a inflaço, que o autor considera menos um problema economicamente específico do que um padro moral culturalmente estabelecido; e o discurso sobre a violência, em que o institucional é contraposto ao senso comum baseado na experiência diária.
Conta de mentiroso no é voltado apenas para cientistas sociais. Este livro é uma excelente contribuiço para a compreenso dos mecanismos que tecem a difícil malha de relações de poder no Brasil. Sua leitura é também recomendada a pessoas que queiram entender por que determinadas expressões e práticas dificultam o processo do Brasil se tornar uma sociedade mais justa.