official-store-logo
Novo

A Vingança Dos Analógicos - Por Que Os Objetos De Verdade

35 reais con 60 centavos

em 6x 6 reais con 56 centavos

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Informações da loja

Rocco

Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

  • 266

    Vendas nos últimos 60 dias

  • Presta bom atendimento

  • Entrega os produtos dentro do prazo

    Ver mais dados de RoccoAbrirá em uma nova janela

    Devolução grátis

    Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

    Garantia

    Compra Garantida com o Mercado Pago

    Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

    Meios de pagamento

    Cartões de crédito

    Pague em até 6x!

    Boleto parcelado em até 12x

    Cartões de débito

    Pix

    Boleto bancário

    Características principais

    Título do livroA vingança dos analógicos - Por que os objetos de verdade
    AutorDAVID SAX
    EditoraEDITORA ROCCO
    FormatoPapel
    MarcaEDITORA ROCCO

    Outras características

    • Cobertura: Mole

    • Gênero do livro: Ciências Humanas e Sociais

    • Tipo de narração: Manual

    • ISBN: 9788569474227

    • Páginas: 304

    Descrição

    Com a revolução digital vieram os prognósticos apocalípticos de que todos os suportes físicos seriam destruídos por seus correspondentes digitais. As câmeras nos aparelhos celulares, os serviços de vídeo e de música por streaming e os livros eletrônicos já são realidades consolidadas no mercado, mas contra todas as avaliações iniciais, não só não soterraram os filmes analógicos, os discos de vinil e os livros físicos, como oxigenaram a sua existência, criando novas formas de consumir esses objetos. Com base no renascimento da importância dos produtos analógicos, o jornalista canadense David Sax criou A vingança dos analógicos – Por que os objetos de verdade ainda são importantes, livro que documenta a trajetória de empreendedores que investiram no caminho oposto ao dos negócios digitais.  Seja acompanhando a maior fábrica americana de vinis, a United Record Pressing, ou livrarias independentes e de bairro como a Book Culture, em Nova York, Sax demonstra que o reavivamento dos artefatos analógicos não pode ser reduzido apenas a um surto de nostalgia, mas apresenta-se como um fenômeno muito mais complexo, que aproxima as pessoas nas lojas de discos, na cultura dos diários em cadernos de papel ou nos cafés com jogos de tabuleiro. Os espaços de venda dos produtos físicos são pontos de interação humana que não podem ser menosprezados.  David Sax desmistifica a ideia de que a volta dos analógicos é motivada pela busca das gerações anteriores pelos objetos de sua juventude e mostra como os jovens que cresceram no ambiente digital estão encantados com as câmeras Polaroid e são o motor do crescimento anual impressionante das vendas de discos de vinil.   O livro foi escolhido como um dos dez melhores lançamentos de 2016 no mercado americano pela crítica Michiko Kakutani, do jornal The New York Times, por seu estilo de livro-reportagem abrangente, que documenta a consolidação de uma cultura analógica que convive em paralelo ao ambiente eletrônico, mas que parece estar baseada em suas características complementares de experiência e interação, fundamentais para o entendimento do consumo na cultura pós-digital.  

    Perguntas e respostas

    Qual informação você precisa?

    Pergunte para Rocco

    Não fizeram nenhuma pergunta ainda. Faça a primeira!