official-store-logo
Novo | 1 vendido

O Design Do Futuro

39 reales con 90 centavos

em 9x 5 reales con 10 centavos

Anúncio pausado

Informações da loja

Rocco
Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

Características principais

Título do livroO Design do Futuro
AutorDONALD A.NORMAN
IdiomaPortuguês
Editora do livroEDITORA ROCCO
Capa do livroMole
MarcaEditora Rocco

Outras características

  • Quantidade de páginas: 192

  • Gênero do livro: Autoajuda

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 9788532525482

Descrição

Se os carros, além de falar, fossem neuróticos e assustados a ponto de impedir que seus condutores pisassem fundo no acelerador, aumentando a velocidade – e a possibilidade de acidentes – acionando automaticamente freios ou travas em pleno fluxo e criando, aí sim, possibilidades reais de colisões? Se o mundo fosse completamente automatizado, decidindo, com sua lógica fria de bytes e gigabytes, esse seria um admirável mundo novo? Qual seria o lugar do ser humano nesse cenário no to futurista assim? Em O design do futuro, o professor de Ciência da Computaço e conhecido consultor de design de máquinas e aparelhos como carros e computadores Donald A. Norman lança um olhar crítico sobre a tecnologia “inteligente”, de GPS a geladeiras automatizadas. E mostra-se preocupado em como, rapidamente, as máquinas têm assumido o controle do cotidiano do ser humano.

“Os assim chamados sistemas inteligentes ficaram muito presunçosos. Eles acham que sabem o que é melhor para nós. A sua inteligência, entretanto, é limitada. E essa limitaço é fundamental: é impossível uma máquina ter conhecimento suficiente de todos os fatores que entram na tomada de deciso humana. Mas isso no significa que devemos rejeitar a assistência das máquinas inteligentes. Conforme as máquinas começam a assumir cada vez mais o controle das coisas, no entanto, elas precisam ser socializadas; elas precisam melhorar o modo como se comunicam e interagem, e reconhecer as suas limitações. Só ento elas sero realmente úteis”, resume o autor o tema central de O design do futuro.

Para tanto, o autor sugere que se estabeleça uma nova relaço entre homem e máquina, parecida com a que o homem trava com os animais. Apesar de serem de espécie com compreensões e capacidades diferentes, ambos se complementam e se relacionam de forma cooperativa. Com a tecnologia é a mesma coisa: se antes ela era controlada pelo ser humano, com um ligar e desligar de botões, a tecnologia ficou mais poderosa e complexa, com uma lógica própria, e o ser humano se tornou menos capaz de prever suas ações. Para os designers dessas tecnologias, está estabelecido um grande desafio: criar uma maneira adequada de proporcionar uma interaço harmônica entre pessoas e dispositivos inteligentes.

Para os designers humanos de máquinas “inteligentes”, o autor sugere, entre outras, que eles façam com que suas criações sejam previsíveis, ou seja, funcionem de forma a no causar surpresas desagradáveis aos consumidores, tornem o resultado compreensível de forma que a pessoa entenda o processo de funcionamento da máquina e estabeleçam uma forma de comunicaço com o usuário. Em uma brincadeira paralela, o autor cria regras para que esta nova espécie criada pelo homem possa interagir ainda mais com seu criador, como a de simplificar as coisas ao máximo para que o homem entenda com o que está lidando, deixar que as pessoas pensem que esto no controle (mesmo que no estejam) e jamais rotular o comportamento humano – e imprevisível – como “erro”.

Em resumo, O design do futuro sugere o estabelecimento de uma nova relaço entre criador e criatura, para que a automatizaço cada vez maior das atividades humanas traga realmente benefícios, para ambos os lados. Um livro vital para indústrias, empresas, estudantes de design, estudiosos e para os cidados comuns, interessados em manter a funcionalidade – e as rédeas – das criações tecnológicas neste admirável mundo novo.

Perguntas e respostas

Não fizeram nenhuma pergunta ainda.

Faça a primeira!