official-store-logo
Novo

Heroísmo De Quixote

34 reales

em 7x 5 reales con 52 centavos

Anúncio pausado

Informações da loja

Rocco
Rocco

Loja oficial no Mercado Livre

Características principais

Título do livroHeroísmo de Quixote
AutorPAULA MASTROBERTI
IdiomaPortuguês
Editora do livroEDITORA ROCCO
Tampa do livroMole
MarcaEditora Rocco

Outras características

  • Quantidade de páginas: 136

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 8532519555

Descrição

Os depoimentos parecem comprová-lo como uma espécie de protetor. Uma apariço brilhante, uma entidade fantasmagórica, surgindo inesperadamente nos becos, na periferia, ou num elegante shopping center. Ele vagueia ileso pelos caminhos subterrâneos de uma grande metrópole, enfrentando perigos em nome de um estranho senso de justiça.
Apenas mais um desses malucos que habitam as ruas? Um sorriso de anjo, sim, mas – e aquele olhar?
"Eu acredito que exista alguém, digo, alguém de verdade por trás disso, no sei com que intenço, porque às vezes parece que está ajudando, outra... alguns meninos dizem que ele é amigo da bandidagem. Que tem ligaço com traficantes, com o crime organizado. Mas sempre que chega um menino novo, dizendo que quer sair da rua, foi encaminhado por ele."
Em meio a travestis, prostitutas e pivetes, na imaginaço de toda uma marginália repudiada pela sociedade, vive uma espécie de herói. Um herói humanista, que se identifica como Quixote nas mensagens enviadas de uma lan house ou de um cibercafé. Este herói pós-moderno de Paula Mastroberti ama platonicamente uma top-model cujo apelido, no por mera coincidência, é Dulci e busca igualmente o apoio e a amizade de um fiel escudeiro, Sancho, aqui transfigurado em jornalista – obcecado por qualquer coisa ou fato que no saiba definir ou explicar – que escreve reportagens sobre o dia-a-dia da sociedade marginal para o Virtual, um site jornalístico.
"O que o Quixote de Cervantes tem a nos dizer é pertinente e atual, e pode ter uma relaço to fundamental quanto interessante com o mundo dos quadrinhos, mangás e do cinema. Afinal, independentemente da idéia que tenhamos, da época em que vivemos, todos acreditamos e lutamos de alguma forma, ou em alguma medida, por nossos sonhos e ideais, todos nós nos comportamos como quixotes em algum momento", define Paula Mastroberti.
Heroísmo de Quixote dá prosseguimento à série Reversões, de Paula Mastroberti, que começou com Angústia de Fausto. Envolvendo as narrativas tradicionais com a capa das sociedades pós-modernas, Reversões contorna com novos traços enredos já consagrados no universo literário. No bastasse isso, ainda desperta nos jovens o desejo de conhecer as obras-primas que serviram de ponto de partida para tantas narrativas diferentes.

A obra original
A literatura nunca mais foi a mesma depois que Alonso de Quijano, um fidalgo espanhol absolutamente fanático por romances de cavalaria, tomou para si o papel de defensor dos fracos, e, delirante, decidiu sair mundo afora, em companhia do pangaré Rocinante e de Sancho Pança, seu fiel escudeiro, para fazer o bem e salvar donzelas em perigo. Em 1605, portanto, com a comercializaço da primeira ediço de Dom Quixote de La Mancha, obra-prima de Miguel de Cervantes y Saavedra (1547-1616), tinha início a história do romance moderno. A data marca também o nascimento do "mito quixotesco", ou a defesa dos mais elevados princípios morais. Segundo Dostoiévski: "Jamais será encontrado um texto to profundo e poderoso quanto este. A maior e definitiva expresso do gênio humano."

Perguntas e respostas

Não fizeram nenhuma pergunta ainda.

Faça a primeira!