Mudas Enxertadas Da Fruta Atemóia

Tipo de produto:
Produto novo
Vendidos:
25 vendidos
Preço
R$ 5000
Meios de pagamento
Forma de envio

Responderam a sua pergunta ( Ver maisVer menos):

Programa de Proteção ao Comprador: Compra protegida pelo Programa de Proteção ao Comprador.

Informação sobre o vendedor

Localizado em :
Localizado em ibitinga (são paulo)
Reputação

Tipo de vendedor

  1. Rojo
  2. Naranja
  3. Amarillo
  4. Verde claro
  5. Verde
Tipo de vendedor

Este vendedor é MercadoLíder

Qualificações
97% dos seus compradores o recomendam
Vendas
9196 vendas concretizadas
Ranking
Excelente vendedorEstá entre os melhores do site!
Histórico
4 anos vendendo no MercadoLivre
Ver mais dados deste vendedor
Qualificações

7 compradores o recomendaram por este produto

"Ótimo vendendor. Recomendo a todos do mercado livre!! ”

MARCOS_V...

"bom atendimentorapido e eficiente ”

MENDESWILS...

"Ótimo Vendedor”

VALDECIRLISBOASESTEVOLISBO...

"Vendedor muito atencioso, envio rápido e plantas muito bem empacotadas. Recomendo a todos”

JENNER AZEVED...

"recebi as mudas que encomendei,são de boa qualidade e chegarão em bom estado. obrigada.”

DINAREGINADEL...
Ver mais qualificações

Descrição do anúncio

O MercadoLivre não vende este produto e não participa de qualquer parte da negociação, limitando-se apenas a anunciar produtos dos seus usuários.

BELAS MUDAS ORIUNDAS DO PROCESSO DE ENXERTIA DA DELICIOSA E SUCULENTA FRUTA ATEMÓIA
MUDAS COM APROXIMADAMENTE 80 cm DAVARIEDADE THOMPSON
PRODUZ EM NO MÁXIMO 2 ANOS


A atemoia é uma fruta híbrida que é obtida através do cruzamento da cherimoia (Annona cherimola, Mill) com a fruta-pinha (Annona squamosa, L.), pertencentes à família das anonáceas (a mesma da graviola).

São três variedades que estão bem aclimatadas no Brasil:

  1. Pink Mammoth, que tem uma fruta grande e perfumada, doce e com poucas sementes.
  2. Thompson, bem parecida, com um brix superior.
  3. Gefner

Existe também a African Pride, originária da Austrália, que também já foi introduzida no Brasil.

Annona atemoya.jpg

O plantio da atemóia através da propagação por sementes não é recomendada porque surgem grandes variações, visto que é uma híbrida. No cultivo da atemóia, devem-se utilizar sempre mudas enxertadas e sadias. Se você deseja adquirir novas cultivares, aí sim, utilize as sementes.

A atemóia é da família das anonáceas, possui uma casca rugosa e pontiaguda, como a da graviola, trazendo em seu interior uma polpa branca com sementes negras, é resultante do cruzamento da pinha com a cherimóia, nativa das regiões tropicais do Peru, Equador e Colômbia. No Brasil as primeiras plantações começaram na década de 60, hoje a área plantada é de aproximadamente um mil hectares, concentrados nas Regiões Sul e Sudeste. O estado de maior produção de atemóia é São Paulo com 43,8%, Minas Gerais, Paraná e Bahia ficam com 18,8% cada. A plantação da atemóia está restrita em alguns países tropicais e subtropicais, por adaptar-se melhor às condições intermediárias entre a cherimóia (clima subtropical) e a pinha (clima tropical).

ATENÇÃO, SÓ CLIQUE EM COMPRAR SE TIVER CERTEZA DE SUA DECISÃO
FRETE POR CONTA DO COMPRADOR, CONSULTE-NOS SOBRE OS VALORES NO CAMPO DAS PERGUNTAS


Garantia:

Sim

Mudas Enxertadas Da Fruta Atemóia

R$ 5000

com MercadoPago

Mais opções

Protegida

Meios de pagamento

Formas de pagamento oferecidas pelo vendedor

A nossa solução para que você pague de forma rápida e segura!

Pague parcelado com o MercadoPago! Identificação instantânea
Você também pode pagar com boleto bancário Identificação até 1 dia útil

Ao comprar explicaremos como fazer o pagamento em qualquer agência bancária, caixa eletrônico, internet banking ou correspondentes bancários.

O seu dinheiro está protegido

Com o MercadoPago você tem 100% de cobertura em caso de problemas através do Programa de Proteção ao Comprador.

Perguntas ao vendedor
Pergunta:

repita a última realizada

Não digite dados de contato, não use linguagem vulgar, oferte ou pergunte por outro produto.

Restam 1000 caracteres.

Ninguém fez perguntas ainda. Pergunte primeiro!

Mais perguntas: